HomeCidadeTecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul

Tecnologia verde: Piana conhece máquina de compostagem acelerada em Tijucas do Sul

Published on

O governador em exercício Darci Piana participou nesta sexta-feira (12) da apresentação da máquina de compostagem acelerada da empresa Fratelli Soluções Ambientais, em Tijucas do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A tecnologia 100% nacional é disponibilizada pela empresa, sediada no Paraná. Ela permite a transformação de qualquer resíduo orgânico em adubo.

Podem ser usados na produção de fertilizantes desde descartes animais gerados em frigoríficos – como ossos e carcaças –, até sobras de alimentos consumidos nas residências – como cascas de vegetais e de ovos, restos lácteos e cítricos, além de folhas e galhos de podas de árvores, lodo de estação de tratamento de esgoto, entre outros resíduos orgânicos.

“Essa é uma solução que pode reduzir sensivelmente o volume de resíduos encaminhados para os aterros sanitários que estão saturados, gerando problemas não só ambientais, mas também para a saúde pública”, comentou o governador em exercício.

“Nós, como Estado mais sustentável do Brasil e um dos territórios mais sustentáveis do mundo, junto com uma província do Japão, temos que nos preocupar com meio ambiente e sustentabilidade. Porque é isso que nos garante vender alimentos para outros países. Por isso essa é uma solução interessante para o lixo orgânico”, completou Piana.

O aparelho faz todo o processo de compostagem em ciclos de 45 minutos. Nesses ciclos, são agregados minerais aos resíduos orgânicos. Ao final do processo, que dura menos de uma hora, é gerado fertilizante orgânico classe A, de alto teor nutricional e livre de contaminantes para o bom desenvolvimento da planta.

O adubo gerado da compostagem pode ser amplamente utilizado, desde a agricultura familiar até no agronegócio. A produção é feita sem gerar odor e chorume. 

Além do governador em exercício, o maquinário também foi apresentado a representantes das prefeituras da Região Metropolitana de Curitiba. A proposta é de que o equipamento possa ser usado na reciclagem do lixo orgânico produzido pela população. Uma solução sustentável para reduzir os volumes de resíduos  encaminhados para aterros sanitários.

“O objetivo desse equipamento é que todos os restos animais e vegetais tenham a destinação correta, deixando assim de serem enviados aos aterros sanitários. É uma solução ambiental para todo o ecossistema. Principalmente para os aterros sanitários, que são o grande desafio para os municípios hoje”, afirmou o sócio-proprietário da Fratelli, Luiz Sergio Wozniaki.

Pelo Plano Nacional de Resíduos Sólidos, os municípios têm até o fim de 2024 para encerrar os descartes em lixões. O plano também prevê que no prazo de 20 anos metade de todo o lixo produzido no País deva ser recuperado não só por meio da compostagem, mas também por reciclagem, biodigestão e recuperação energética.

De acordo com o Sistema Nacional de Informações sobre a Gestão dos Resíduos Sólidos (Sinir), do Ministério do Meio Ambiente, o índice de recuperação dos resíduos sólidos urbanos no Brasil atualmente é de apenas 2,2%.

O equipamento produzido pela Fratelli pode processar material orgânico com capacidade de 40 quilos até 10 toneladas por hora, dependendo do tamanho da máquina. Para um município de grande porte, como Curitiba, a empresa calcula que seriam necessárias 15 máquinas de 10 toneladas para fazer a compostagem de todo material orgânico produzido pela população.

OUTROS ESTADOS E PAÍSES – Tecnologia nacional, o sistema de compostagem acelerado já é utilizado em outros estados e até fora do Brasil. No estado de São Paulo, 48 máquinas já estão em funcionamento e mais 132 deverão entrar em operação em breve. Fora do País, o equipamento já está em países da Europa, Ásia e África.

“A vantagem do nosso sistema é a velocidade. Enquanto na compostagem comum o sistema leva de 60 a 90 dias, pelo nosso equipamento conseguimos fazer em menos de uma hora e sem gerar chorume nem cheiro”, arrematou o engenheiro Washington Onofre Souza, criador da tecnologia e sócio da Fratelli Soluções ambientais.  Foto: Ari Dias/AEN

Ultimas Notícias

FESTA DO TRABALHADOR

Aos vinte e sete dias do mês abril do ano de dois mil e...

Prefeitura de Itaguajé envia caminhão-pipa com Motorista para o Rio Grande do Sul

A Prefeitura de Itaguajé enviou caminhão-pipa com um motorista para auxiliar população gaúcha no...

Paraná realiza acolhimento de mais 163 profissionais do Programa Mais Médicos

No Paraná, 351 municípios aderiram ao programa, sendo disponibilizadas pelo Ministério da Saúde 1.685...

Colorado arrecada 12 toneladas de donativos para vítimas de enchente no Rio Grande do Sul

Passados sete dias, terminou na manhã da sexta-feira (10) uma das fases da ação...

Mais Notícias

FESTA DO TRABALHADOR

Aos vinte e sete dias do mês abril do ano de dois mil e...

Prefeitura de Itaguajé envia caminhão-pipa com Motorista para o Rio Grande do Sul

A Prefeitura de Itaguajé enviou caminhão-pipa com um motorista para auxiliar população gaúcha no...

Paraná realiza acolhimento de mais 163 profissionais do Programa Mais Médicos

No Paraná, 351 municípios aderiram ao programa, sendo disponibilizadas pelo Ministério da Saúde 1.685...

Isso vai fechar em 20 segundos

Abrir bate-papo
💬 Precisa de ajuda?
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?